Mas Que Um Simples Galileu

Quando refletimos sobre a vida de Jesus e a maneira que ele surge na história da humanidade, quando nos deparamos com a simplicidade com que Deus escolheu para estabelecer seu precioso plano de salvação é simplesmente incompreensível humanamente falando. Não há duvida que é muito diferente do que imaginaríamos. Quando analisamos sobre a família na qual Ele nasceu, a região sem grande expressão no contexto sócio politico, quem reconheceria Jesus como um grande Rei. Sem duvida os poucos homens que o visitaram e até mesmo o presentearam só fizeram pelo fato de que Deus os revelou e os guiou até Belém. Jesus entra em cena de forma simples, sua vida foi desprovida de luxo ou até mesmo qualquer tipo de fama até o início do seu ministério onde multidões começam a procura-lo e líderes do contexto politico e religioso o percebem e também começam a persegui-lo. Nada na história causou tanto impacto a humanidade quanto a história de Jesus. Não podia ser por menos, pois Jesus é nada mais nada menos que o filho de Deus.

Um homem simples, carpinteiro, e por falar em carpinteiro você se lembra de algum outro carpinteiro que tenha se tornado tão famoso? Com muito custo me lembrei do Gepeto, aquele que criou o Pinóquio um bonequinho que mentia e seu nariz crescia. E não consigo de momento pensar em outro carpinteiro famoso além de Jesus que aprendeu o oficio com José o pai que o criou. Mas com certeza Jesus foi um homem simples, um simples galileu que dividiu a história.  Jesus sai do anonimato através de seus milagres e foi na morte de Cruz que o filho de Deus nos mostrou porque Ele era tão especial. Conhecemos o amor de Deus revelado naquela sexta feira tomada de sofrimento, injustiça e uma grande demonstração de interesse pela humildade, como disse Max Luccado: “A mão que recebeu os cravos era a mão do filho de Deus”. O maior exemplo que posso dar a respeito do que Jesus fez é a minha própria vida. Ele me deu vida em abundância, salvação, livramento do pecado que me condenava, fui perdoado pelo  sangue de Cristo derramado no madeiro. Jesus tomou o meu lugar na cruz e levou sobre si todas as minhas enfermidades.

O simples carpinteiro foi e é o nosso grande referencial, nosso mestre incomparável, nosso modelo inquestionável, nosso Senhor absoluto. Quando paro para pensar sobre como seria a história da humanidade sem o amor de Deus revelado naquele calvário, confesso que minha mente não consegue alcançar as consequências que teríamos hoje. Como seria o panorama mundial se a graça de Deus não tivesse sido manifesta, creio que a terra já teria sido consumida. Sem a misericórdia a humanidade não teria chego até aqui. Creio que todas as nações que existem subsistiram devido a piedade de Deus sobre cada uma delas. A morte e a ressurreição de Cristo têm dimensões que vão muito além do alcance da mente humana. A missão de Jesus Cristo vai muito além de tudo que podemos imaginar, jamais compreenderemos o amor que ele disponibilizou sobre cada homem que andou pela face da terra. Jesus é e sempre será o maior e o mais importante homem que pisou na terra, é e sempre será o Deus conosco que abriu mão de sua glória para se tornar um simples galileu que seria o cordeiro de Deus sacrificado por amor a minha e a sua vida. Jesus Cristo é Senhor.

Márcio Tunala

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s