Pornografia nossa de cada dia.

“Pornografia é a representação, por quaisquer meios, de cenas ou objetos obscenos destinados a serem apresentados a um público e também expor práticas sexuais diversas, com o intuito de despertar desejo sexual no observador. O termo deriva do grego πόρνη (pórne), “prostituta”, γραφή (grafé), representação”. (Wikipédia) Não sou da geração da Internet. Quando eu tinha 20 anos não era comum encontrar alguém com um telefone móvel, somente poucos executivos e empresários possuiam um aparelho de celular. A internet no Brasil na década de 80 era algo sendo utilizado em  testes em algumas empresas e na década de 90 um luxo de poucos. Não existia esposas traindo seus esposos virtualmente enquanto ele trabalhava, nem homens casados se relacionando com mulheres mais jovens em sala de bate papo. Isso não significa que naquele tempo as pessoas eram mais dignas, menos promíscuas. A pornografia era comum, mas em revistas e filmes, a televisão já tinha programas tendenciosos com imagens sugestivas e subjetivas mas era bem menos a exposição, perto do que temos hoje. As facilidades que a internet trouxe proporcionou absurdamente o acesso a imagens pornográficas. Um casal cristão com dificuldades no relacionamento sexual buscou ajuda em um site para casal, um local cheio de dicas e fantasias para uma relação mais “interessante”. Poucos meses depois esta mulher procurou a ajuda de um pastor deprimida, se sentindo suja e com um gigantesco sentimento de culpa, a pornografia entrou no casamento dela.

Um casal cristão pode ter dificuldade em sua vida sexual, mas a solução destes problemas precisa ser através da palavra de Deus, da oração, e do amor sincero que um tem pelo outro. Existem bons livros sobre este assunto e muitas pessoas que se dedicam a estudar e orientar a respeito do tema. Um homem não deve admirar a nudez de uma mulher a não ser que esta mulher seja sua, a bíblia diz que o corpo da mulher pertence ao marido e o corpo do marido pertence a mulher. A pornografia hoje se tornou involuntária muitas vezes recebemos e-mails com imagens pornográficas, visualizamos pornografia ao abrir um site, mesmo quando se trata de um site de esporte, de saúde, de carros… A exploração da sensualidade é banalizada na rede. Seja na internet, nos outdoors, nas revistas, nos jornais, nas faixadas de lojas, nas vitrines de um shopping center. Para onde olhamos, de forma involuntária  visualizaremos homens e na grande maioria das vezes mulheres em posições que apontam para o ato sexual. Como viver em uma metrópole sem ser seduzido pelo corpo de pessoas que se quer conhecemos? Como ter uma mente saudável se somos submetidos a tantas imagens com propostas promíscuas? Leonardo da Vinci lançou a ideia de que os olhos são a janela da alma e o espelho do mundo. Os olhos alimentam nossa mente que produz desejos diversos dai a importância de evitar tudo aquilo que é indecente ou tudo aquilo que não é recomendado pela Bíblia sagrada. A pornografia é sem duvida um canal de afastamento do homem de Deus. Uma ferramenta muito usada para destruir relacionamentos.

É muito importante que o cristão se mantenha longe deste tipo de prática e que evite toda imagem indecente em sua jornada diária. Ser seletivo na escolha de programas equilibrados da televisão brasileira e toda mídia seja impressa ou via internet. Este estilo de vida vai produzir saúde integral. Gálatas 5. 16 propõe o seguinte: “Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. 17 Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. 18 Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. 19 Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, 20 idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, 21 invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus”.

Márcio Tunala

Anúncios

3 thoughts on “Pornografia nossa de cada dia.

  1. É isso aí Tuts, a cada dia mais o inimigo tentam derrubar os santos de uma maneira agradável aos olhos, mas prejudicial ao coração.

    Grande abaço

  2. Antigamente já existiam pessoas que usufruíam da pornografia, porém era algo mais discreto, as pessoas não se expunham tanto como agora, até mesmo porque as ferramentas para esse tipo de pecado não eram tal fácil e não existiam tantos meios como hoje, mais não significa que antigamente existiam menas pessoas cometendo esse tipo de pecado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s