Membros uns dos outros

Efésios 4. 24 a 30  “E a vos revestir do novo homem, que segundo Deus foi criado em verdadeira justiça e santidade. Pelo que deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo, pois somos membros uns dos outros. Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira; nem deis lugar ao Diabo. Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tem necessidade. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem. E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção”.

O texto acima traz desafios para a vida do cristão, sendo mais específico traz desafios para os relacionamentos na vida do servo de Deus. O homem que experimenta o novo nascimento em Cristo deve experimentar este estilo de vida. Como anda sua conduta diante dos homens? Só através do Espírito Santo creio que é possível viver em harmonia com o semelhante, ser membro uns dos outros é uma obra estabelecida por Deus, administrada pelo Espírito. Ele distribui dons e talentos, Ele nos proporciona equilibrar os dons necessários para que um possa ministrar na vida do outro. Jamais esquecerei pessoas que utilizaram suas vidas suas habilidades em benefício da minha vida. Apreendi muitas coisas com servos que proporcionaram crescimento. Tive conselheiros, mestres, pastores, companheiros em minha caminhada que me desafiaram em varias situações, irmãos que questionaram minhas condutas, que me amparam em momentos difíceis e também foram presentes em dias de vitórias e conquistas. O uns aos outros apresentado pela bíblia, proposto nos direcionamentos de Jesus não é uma ação esporádica na convivência cristã é o jeito inegociável que o Senhor nos ensinou e nos ordenou viver. Viver em verdade, contribuindo em amor uns com os outros é exatamente o que Jesus fez em sua jornada terrena deixando-nos seu precioso exemplo.

Cristo com sua vida deixou muito claro como eu e você devemos viver. O uns aos outros é um estilo de vida seja no cuidando uns aos outros, amando uns aos outros, orando uns pelos outros, dedicando nossa vida uns aos outros. Nada é tão simples no coração de Deus e tão complicado para o homem que não vive segundo o Espírito. O texto bíblico acima nos convoca a compartilhar nossas vidas em verdadeira justiça e santidade. Ministrar graça na vida uns dos outros é através do falar e precisa ser uma realidade constante na vida do servo de Deus. No dia a dia temos muitas oportunidades de abençoar as pessoas, mas temos muita facilidade para não fazer isto também. Creio que Deus quer te usar para ser um ministro da reconciliação, alguém que promove o bem estar de todos através da verdade. O evangelho de Cristo não nos foi dado apenas para sonharmos ou simplesmente admirar. Ele nos foi entregue para o vivermos. Ele é a maior e melhor proposta de vida. Uma proposta que todos os salvos devem abraçar e pela qual devem lutar. Do maior ao menor, todos os justificados pela fé em Cristo têm o dever de viver a mutualidade da fé, a manifestação do amor em atos concretos, a demonstração das virtudes elevadas e celestiais entre seres humanos lavados e redimidos pelo sangue do Cordeiro. Nada é tão maravilhoso como viver de acordo com os ensinamentos da palavra de Deus.

Marcio Tunala

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s